Desde 2014, mais de 71000 artigos.
,/2022

Amor de Criança recebe colar de Honra ao Mérito da Alesp

Cidade
17 de maio de 2022

(Foto: Divulgação)

O coordenador do Projeto Amor de Criança, o pediatra Francisco de Agostinho Júnior, recebeu o colar de Honra ao Mérito da Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp), maior honraria ofertada pela Casa em reconhecimento à atuação em prol às crianças com paralisia cerebral. A homenagem foi concedida em sessão solene em São Paulo.

O Projeto Amor de Criança foi criado em 2013 pela Universidade de Marília (Unimar) em parceria com o Ministério Público Federal (MPF) e a Universidade Estadual Paulista (Unesp). O objetivo é prestar o atendimento multidisciplinar às crianças com paralisia cerebral.

De acordo com Agostinho, foi uma honra representar a equipe. “Representar Marília foi um momento de muita felicidade, emoção e respeito, claro. Estou muito feliz por estar representando o Projeto e todos os colegas que atuam na Universidade, que convivem e trabalham em benefício daquelas crianças. Destaco, além da emoção pessoal, a oportunidade de poder representar a instituição e a equipe do Projeto Amor de Criança. Foi um momento de muita festa e alegria e nós agradecemos a Deus por isso”, ressalta.

A Assembleia Legislativa concede a honraria desde 2015. O objetivo é reconhecer as pessoas e organizações que contribuem para o desenvolvimento social, cultural e econômico do Estado, como forma de prestar-lhes, pública e solenemente, uma justa homenagem. A indicação para receber a honraria se deu pela deputada estadual Leticia Aguiar (PSL). A parlamentar conheceu o projeto durante a visita a cidade de Garça, por meio da voluntária do Projeto Amor de Criança, a empresária Mara Perez.

Deputada Letícia e o médico Agostinho (Foto: Divulgação)

Em seu discurso, a deputada Letícia ressaltou a beleza do Projeto Amor de Criança. “A gente precisa, de fato, reconhecer o trabalho maravilhoso que o doutor Francisco faz junto a sua equipe, em prol das crianças, especialmente aquelas que mais precisam deste apoio. Na hora que tive este conhecimento, logo pensei que ele merecia este reconhecimento. É uma imensa honra e orgulho tê-lo aqui na Assembleia Legislativa, porque no silêncio do seu trabalho voluntário tem feito um barulho ensurdecedor, um barulho para a causa do bem. Parabéns”, destacou.

“Eu não conhecia a deputada, mas foi uma honra, porque nos mostrou ser uma pessoa ética e muito gentil, nos tratou muito bem. Recebi o convite há aproximadamente 10 dias e a motivação para a escolha do prêmio foi o Projeto Amor de Criança, portanto entendo bem que eu estava representando o Projeto e a Universidade e isso, é claro, que foi assim de muita honra. Confesso que a princípio fiquei muito surpreso. Foi uma grande emoção”, conta Agostinho.

O médico, em seu discurso, destacou a importância das organizações públicas e privadas voltarem o olhar às crianças acometidas pela paralisia cerebral, que necessitam de um tratamento diferenciado, e suas famílias. Ressaltou a importância da Universidade de Marília, dando destaque ao reitor da Unimar, doutor Márcio Mesquita Serva, que nas palavras dele é o “maestro” de toda a logística, junto à vice-reitora Regina Lúcia Ottaiano Losasso Serva.

Cerimônia ocorreu na Alesp (Foto: Divulgação)

Agradeceu, também, à pró-reitora de Pesquisa, Pós-graduação e Ação Comunitária da Unimar, Fernanda Mesquita Serva, a superintendente do Hospital Beneficente Unimar (HBU), Márcia Mesquita Serva Reis, e toda equipe.

Para a pró-reitora, Fernanda Mesquita Serva, a homenagem é motivo de muito orgulho para a Universidade. “Receber esta homenagem junto com o doutor Francisco, que é o nosso querido coordenador do Projeto Amor de Criança, e digo isso porque, quando ele recebe este reconhecimento da Assembleia, nós todos nos sentimos reconhecidos. Os nossos mais sinceros agradecimentos, porque a gente sabe que árduo é este trabalho, que não é de uma pessoa só, é o trabalho de um time e esta equipe está muito bem representada pelo Dr. Francisco”, celebra.

A Superintendente do HBU, Márcia Mesquita Serva Reis, conta que a homenagem inspira os profissionais a fazerem sempre o melhor às pessoas. “O doutor Francisco é das nossas crianças, dos mestres e dos nossos alunos, inspirador de todos nós que queremos fazer a diferença todos os dias. Uma justa homenagem e, de fato, que sirva para inspirar muitos profissionais. Aqui, no campo da formação, queremos fazer grandes profissionais da área da saúde que tenham não apenas a bagagem profissional, técnica, mas que a bagagem humana, que faz toda a diferença no caminhar”, diz.

Ainda segundo Márcia, o projeto mostra que juntos podemos contribuir com um mundo melhor. “Esta homenagem ao doutor Francisco nos fez ver que é assim, você começa fazendo um trabalho de formiguinha, porque quando começou havia quatro crianças, e transforma tudo, porque atualmente os atendimentos são para mais de 200 crianças, cuidadas todos os dias, porque além dos encontros semanais, os cuidados são diários. O Hospital Beneficente Unimar está lá à disposição, sendo sempre a retaguarda destas famílias. A homenagem realmente é da Assembleia, mas ela representa a comunidade e as pessoas. Meus parabéns e tenha certeza que a gente também recebeu com você e todos os profissionais que estão ao seu lado, ajudando e apoiando porque a causa é muito nobre e sozinho a gente não faz nada”, finaliza.