Desde 2014, mais de 69000 artigos.
,/2022

Confira as dicas de como ter a barriga chapada

Coluna
07 de abril de 2022

Arian Lima é profissional de Educação Física (Foto: Divulgação)

Cada corpo é único. Existem pessoas que acumulam gordura nas pernas e braços, outras com maior concentração de gordura no tronco e os que são mais bem distribuídos. Seja como for, a pergunta predominante é “que dieta eu faço para secar a barriga?”.

Para nos ajudar nesse assunto, convidamos a nutricionista especialista em nutrição esportiva e emagrecimento, Marilia Gabriela Viganó.

Para secar a barriga é preciso emagrecer, ou seja, diminuir o percentual de gordura. Entretanto, o emagrecimento acontece como um todo, não tem como escolher um local específico.

O fato é que o percentual de gordura diminui a tal ponto, que os músculos que estão abaixo da pele passam a aparecer, ou seja, ficam definidos – desde que haja uma musculatura bem desenvolvida ali.

Marilia Gabriela Viganó é especialista em nutrição esportiva e emagrecimento (Foto: Divulgação)

Por este motivo, aliar o exercício físico a uma dieta equilibrada, de acordo com as suas necessidades, é o ideal.

Para se manter uma dieta equilibrada é importante se valer de algumas estratégias:

✓ uma alimentação variada em verduras, legumes e leguminosas, grãos integrais, carnes e boas fontes de gordura;

✓ consumir ao menos 2,5 L de água por dia;

✓ evitar alimentos industrializados e ultra processados, ricos em açúcares, gorduras e farinhas refinadas;

✓ evitar o consumo de refrigerantes e bebidas alcoólicas;

✓ mastigar os alimentos calmamente auxiliará no controle de sua saciedade e evitará consumo excessivo, que é o responsável pelo acúmulo de gordura;

✓ ativar o metabolismo, incluindo alimentos termogênicos em sua alimentação como: canela, pimenta, gengibre, chá verde e café sem açúcar.

Segue algumas dicas de exercícios para auxiliar neste processo:

  • Priorize os exercícios multiarticulares

Por trabalharem mais de uma articulação ao mesmo tempo, eles exigem mais energia para serem realizados, como consequência disso há uma queima calórica maior.

Burpees; Squats; Push ups; deadlifts; pull ups são apenas alguns exemplos de exercícios multiarticulares.

  • Aposte na intensidade

O treino intervalado de alta intensidade, que consiste em momentos de estímulo intenso alternados com intervalos rápidos de recuperação, é considerado um dos melhores exercícios para emagrecer, ou seja, uma ótima aposta para quem quer secar a barriga, por exemplo é o CrossFit, HIIT, etc.

Seu custo-benefício é grande, porém, como exige que seja feito de forma intensa, pede atenção na hora de realizar os movimentos, para evitar lesões.

  • Tenha uma sequência de treinos

Os resultados não aparecem da noite para o dia, então é essencial ter uma sequência de treino. Variado não é aleatório.

A frequência de treinos varia de acordo com cada pessoa e seus objetivos, mas, ao menos, três vezes na semana para começar a ter resultados, sendo o ideal que a pessoa a longo prazo evolua para cinco vezes na semana.

Vale ressaltar a importância de ter sempre um acompanhamento nos exercícios, seja para monitorar a execução das atividades, evitar lesões e verificar o processo de emagrecimento com precisão.

Nem sempre a balança vai trazer os resultados de maneira clara. É importante nesse caso, alguns dados de circunferência e de dobras cutâneas, para aferir de maneira específica o emagrecimento da região.

Ninguém deve oferecer coisas milagrosas para chegar a esse objetivo, ou impor que você deva ter uma barriga chapada. O importante é o seu bem-estar e ter consciência de que os resultados podem demorar, mas eles virão, desde que você se comprometa com disciplina e paciência!

***
Arian Lima é profissional de Educação Física e coach level 1 da CrossFit Marília

Marilia Gabriela Viganó é nutricionista especialista em nutrição esportiva e emagrecimento