Desde 2014, mais de 70000 artigos.
,/2022

Atividade física no ambiente de trabalho pode melhorar desempenho profissional

Coluna
23 de fevereiro de 2022

Atividade coletiva de alongamento em empresa (Foto: Divulgação)

Mas que o ser individual, uma empresa é estruturada para pensar no coletivo. Uma história de sucesso no empreendedorismo necessariamente está atrelada à satisfação e bem-estar dos funcionários.

Dito isso, cada vez mais, é possível encontrar empresas – das pequenas às grandes economias – preocupadas com a vitalidade corporal dos colaboradores.

Hoje é comum ver um setor inteiro de recursos humanos focado em soluções inteligentes que busquem melhorar a qualidade de vida da equipe profissional da companhia.

É comprovado cientificamente que a saúde corporal é intrínseca ligada ao desempenho do trabalhador no ambiente de trabalho. Em outras palavras, quanto mais saudável, mais produtivo o profissional se torna.

O trabalhador ativo ganha na autoestima, melhora a concentração e aumenta a produção, reduz atrasos e faltas. A empresa, por outro lado, mostra preocupação com a equipe, atrai e fideliza o bom empregado.

A introdução da atividade física no cotidiano de trabalho pode ser feita de várias maneiras, desde o básico incentivo ao intervalo para um alongamento até o exercício físico coletivo em um ambiente adequado e em horário pré-estabelecido pela empresa.

Atualmente algumas companhias, inclusive, aprimoraram o significado da palavra bem-estar e chegam a oferecer vestiários com chuveiros, espaços de lazer e até parcerias com redes de academia.

Para melhorar as funções cardiorrespiratórias e musculares, ósseas, reduzir o risco de doenças crônicas não transmissíveis e depressão, as orientações são:

  • Realizar no mínimo 150 minutos/semana de atividade física aeróbica com intensidade moderada, que pode ser dividido em: três dias de 50 minutos.
  • Praticar no mínimo 75 minutos/semana de atividade física aeróbica com intensidade vigorosa, que pode ser dividido em: três dias de 25 minutos.
  • Para colher os benefícios da ginástica laboral com o intuito de fortalecimento muscular e mobilidade articular são recomendados cinco dias de 15 minutos (nessa orientação é indicada atividades físicas dentro do local de trabalho).
  • Para benefícios adicionais de saúde, como aumento de capacidade cardiorrespiratória, força muscular e mobilidade articular, os trabalhadores devem aumentar a carga horária da atividade de intensidade moderada para 300 minutos por semana ou 150 minutos de intensidade vigorosa, ou ainda uma combinação equivalente de atividade moderada e vigorosa.

Vale lembrar que a gestão da saúde é uma decisão pessoal e individual, mas o incentivo e apoio das empresas, inclusive na contratação de profissionais qualificados como educadores físicos e nutricionais, fazem a diferença na vida dos trabalhadores.

***
Arian Lima é profissional de Educação Física e coach level 1 da CrossFit