Desde 2014, mais de 24000 artigos.
,/2018

Radioterapia do HC terá novo acelerador linear

Cidade
17 de junho de 2017

Serviço de Radioterapia do Complexo Famema terá novo acelerador linear.

A Secretaria de Estado da Saúde autorizou a implantação de um novo acelerador linear para o Serviço de Radioterapia do Complexo Famema.

Reunião da CIB – Comissão Intergestores Bipartide do Estado de São Paulo autorizou a solicitação do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Marília.

A demanda integra o Plano de Expansão da Radioterapia no Sistema Único de Saúde, através da oferta de soluções em radioterapia, de forma específica para a instalação de aceleradores lineares e obras, em prestadores de serviços SUS à população do Estado de São Paulo.

Além do Complexo Famema, a CIB autorizou a implantação dos equipamentos na Santa Casa de Itapeva, na região de Sorocaba e no Hospital das Clínicas da Unicamp em Campinas.

O Complexo Famema possui um acelerador linear instalado em 2008 e pleiteava novos equipamentos para aumentar o atendimento à população dos 62 municípios integrantes da RRAS 10 – Rede Regional de Atenção à Saúde, da qual Marília é sede.

“Em âmbito SUS o Complexo Famema é referência em radioterapia modulada. Com mais equipamentos melhoramos o atendimento”, disse o Chefe do Serviço de Radioterapia da Famema, Dr. Eduardo José Stéfano.

O acelerador linear que integra o plano de expansão em radioterapia é mais moderno do que o equipamento adquirido pela Famema em 2008. Desta forma, haverá maior oferta de atendimento aos pacientes com melhor tecnologia.

“Esse acelerador linear oferece mais opções de tratamento. O equipamento proporciona maior emissão de elétrons possibilitando melhor eficiência em camada mais superficial da pele, o que significa ser menos agressivo no tratamento no qual o paciente é submetido. Por oferecer novas técnicas, esse acelerador linear tem mais opções de energia facilitando, como exemplo, o tratamento mais efetivo em pessoas obesas. O equipamento é uma conquista extremamente significativa para toda a região. Não há nenhum equipamento semelhante em Marília. Vamos conseguir dobrar o número de pacientes atendidos diariamente no Complexo Famema”, enfatizou o Dr. Eduardo Stéfano.

Atualmente cerca de 60 pacientes são atendidos diariamente no acelerador linear com aplicações por Intensidade Modulada de Radioterapia (IMRT). Com a instalação de um novo equipamento o atendimento subirá para 160 pacientes atendidos por dia.

Após aprovação pela CIB – Comissão Intergestores Bipartide do Estado de São Paulo a solicitação agora está no Ministério da Saúde para liberação do equipamento.