Desde 2014, mais de 24000 artigos.
,/2018

Novos pedágios da SP-333 têm preços estimados

Cidade
08 de novembro de 2016
essa5-1-900x600

Obras na SP-333 estão atrasadas desde fevereiro de 2015. (Foto: Leonardo Moreno/Arquivo).

A Artesp (Agência de Transporte do Estado de São Paulo) afirmou com exclusividade ao Marília Notícia que a projeção da tarifa nas quatro novas praças de pedágio previstas para a SP-333 – cuja concessão à iniciativa privada foi anunciada nos últimos dias – será de R$ 4,79 até R$ 7,06.

Duas das praças ficarão na região de Marília – mas não deverão mais separar a cidade de alguns distritos, como era previsto. A cidade não recebeu nenhuma audiência pública oficial para debater o assunto.

A concessão foi confirmada com publicação de edital no Diário Oficial do Estado no último sábado.

Na região, um dos novos pedágios ficará no quilômetro 318, após o trevo de que dá acesso à BR-153. A outra praça ficará no km 554 da SP-333, antes do trevo de acesso a Oscar Bressane e Lutécia.

PREÇOS

Foi anunciado na ocasião do edital que o valor da tarifa vai depender do horário e da movimentação da estrada, mas deve representar uma redução de 19% em relação ao preço atual, e ainda haverá desconto de 5% para quem utilizar modo eletrônico de pagamento de pedágio.

O site da revista ISTO É, da editora Três, de circulação nacional, apontou em publicação do último dia 2 que “a tarifa de pedágio estimada pela agência reguladora é de R$ 12,92 por 100 quilômetros, também com base em julho de 2015”.

Parte da imprensa local chegou a repercutir a informação referente ao valor de R$ 12,92, mas a Artesp negou ao MN.

ARTESP

“Ainda não é possível estimar os valores que serão efetivamente praticados no início de operação das praças da SP-333. Porém, o edital já prevê tarifa por quilômetro de R$ 0,0981 (nove centavos) nas rodovias de pista simples – inferior a atualmente praticada, por exemplo, pela ViaNorte (R$ 0,1407 – quatorze centavos por quilômetro)”, disse a Artesp em nota.

Questionada especificamente sobre a tarifa acima de R$ 12, a agência afirmou que “o valor citado na referida matéria está totalmente equivocado e fora da realidade”.

A nota explica que: “Essa tarifa quilométrica do edital (R$ 0,0981) proporcionaria hoje, numa projeção para tarifa nas quatro novas praças a serem criadas, tarifas entre R$ 4,79 e R$ 7,06.

INÍCIO DA COBRANÇA

A Artesp disse ainda que o início da cobrança só será autorizado quando a concessionária tiver concluído o PII (Programa Intensivo Inicial) que prevê obras como sinalização e pavimento, entre outras.

“Além disso, a cobrança também está condicionada ao cumprimento das obrigações e exigências preparatórias para a execução dos investimentos previstos para o 2º ano de concessão, tais como ter dado início a procedimentos para a obtenção das licenças necessárias”, diz a nota.

essa2-900x600

Pedágios devem custar entre R$ 4,79 e R$ 7,06 (Foto: Leonardo Moreno/Arquivo).