Desde 2014, mais de 24000 artigos.
,/2018

Marília perde Pedro Teruel aos 92 anos de idade

Cidade
11 de Janeiro de 2017
pedro-romero-teruel-2

Pedro Teruel Romero (Foto: Arquivo).

A cidade de Marília perdeu nesta quarta-feira, dia 11 de janeiro, o ex-vereador da Câmara Municipal e médico urologista Pedro Teruel Romero, aos 92 anos de idade.

Nascido em Monte Alto (SP), Teruel completaria 93 anos no próximo dia 30. O velório ocorre na sede da Associação Paulista de Medicina de Marília, a Casa dos Médicos, na avenida Pedro de Toledo, nº 179. O sepultamento irá ocorrer às 17 horas, no Cemitério da Saudade.

O presidente da Câmara Municipal de Marília, vereador Delegado Wilson Damasceno, lamentou a perda do ex-vereador e respeitado médico, muito querido e estimado por toda a comunidade mariliense.

“O doutor Pedro exerceu o cargo de vereador por duas Legislaturas, sendo a primeira no período de 1º de janeiro de 1964 a 31 de janeiro de 1969 e a segunda no período de 1993 a 31 de dezembro de 1996”, informou.

Na 7ª Legislatura da Câmara Municipal de Marília (1964 a 1969), doutor Teruel, como também era conhecido, exerceu as funções de vice-presidente do Poder Legislativo e 4º secretário.

Durante seu segundo mandato, exercido na 13ª Legislatura, correspondente ao período de 1993 a 1996, o médico presidiu a Comissão de Agricultura, Indústria e Comércio, a Comissão de Ecologia e Meio Ambiente e ainda a Comissão de Saúde e Assistência Social.

Neste período também esteve na função de vice-presidente e membro da Comissão de Saúde e Assistência Social, membro da Comissão de Ecologia e Meio Ambiente e da Comissão Organizadora dos Registros Históricos da Câmara e Cidade de Marília. Na 28ª Noite dos Pioneiros, em 2013, o médico foi homenageado.

“Doutor Pedro Teruel contribuiu muito para o desenvolvimento de nossa cidade, consistindo em uma personalidade marcante e que nos deixa uma enorme saudade. Grande homem público que honrou o povo de Marília e o Poder Legislativo. Meus sentimentos à família enlutada”, disse o presidente.

O ex-vereador é considerado uma grande liderança da classe médica, chegando a ocupar importantes funções da categoria, como o cargo de presidente da Associação Paulista de Medicina regional de Marília, diretor da Faculdade de Medicina de Marília, vice-presidente da Sociedade Brasileira de Urologia e presidente do centro de estudos da Santa Casa de Misericórdia de Marília.

Casado com Aracy Rodrigues Teruel, o médico teve seis filhos: Maria Efigênia, Aracy Cristina, Rosa Alice, Glória Regina, Pedro Francisco e Ana Maria.

Cursou o ensino primário no então colégio estadual Tomás Antônio Gonzaga, em Marília, o secundário na escola Monsenhor Bicudo e o Ensino Médio no Colégio Anglo-Latino, em São Paulo.

Após concluir o curso de Medicina na Universidade Federal do Paraná, fez pós-graduação na Escola de Medicina da Universidade do Litoral, na Argentina. Cursou especialização em urologia na Santa Casa de Misericórdia de São Paulo e em endoscopia urológica na Universidade de Tóquio, no Japão.

Entre os títulos acadêmicos, detinha o de Doutor em Medicina e Livre Docente em Urologia. Recebeu o título de Cidadão Mariliense e publicou, em 1991, o livro ‘Demagogia e Corrupção: Duas Paixões’.

A obra reúne em 14 capítulos textos e análises no campo da política. Sobre o livro, Teruel dizia que a obra havia tropeçado na censura, mas não barrada totalmente, “porque as suas verdades são incontestáveis”.